Dica, Quantum

Aprenda a transformar um site em um app

Nestes tempos modernos, todo mundo quer ser um “app”. O banco, a companhia aérea, o jornal, a operadora de cartão de crédito e por aí vai. Os apps oferecem mais comodidade e agilidade no acesso a informações e serviços, mas consomem espaço na memória interna e parte do plano de dados com atualizações constantes, e de “app em app” isso pode virar um desperdício. Isso se torna um incômodo ainda maior quando você percebe que boa parte destes apps é inútil, já que seus autores oferecem o mesmo serviço na versão móvel de seus sites. Mas existe um jeito de unir o melhor de dois mundos e transformar um site em um app com direito a ícone na tela inicial de seu smartphone. Veja como.

Como transformar um site em um app

Transformar um site em um app é muito fácil. Para começar, abra o Chrome e digite o endereço do site que deseja transformar. Vamos usar como exemplo versão “móvel” da Wikipedia em Português, em: http://pt.m.wikipedia.org.

Depois que o site carregar, clique no botão com os três pontos no canto superior direito da tela e selecione a opção .Adicionar à tela inicial Surgirá uma janela pedindo o nome do site ou app. Confirme e clique em OK. Pronto! O ícone de seu novo “app” surgirá na tela inicial de seu smartphone.

transformar um site em um app
Siga os passos da imagem acima para transformar um site em um app.

E qual a vantagem de transformar um site em um app? Uma delas é economizar espaço. O app da Wikipedia ocupa cerca de 35 MB na memória interna de um smartphone. O atalho para o site não ocupa praticamente espaço nenhum. E você tem quase os mesmos recursos.

Em alguns casos também há ganho de desempenho, especialmente em sites que fazem uso intenso de Javascript ou são otimizados para execução local. Um exemplo é o Javatari, um emulador de Atari 2600 em JavaScript, que roda dentro de qualquer navegador. Transformado em app, ele se comporta como um aplicativo nativo e roda mais rápido do que se rodando dentro de uma aba do navegador.

O emulador "Javatari" rodando dentro do navegador (à esquerda) e em tela cheia como um app (à direita)., com ganho de desempenho.
O emulador “Javatari” rodando dentro do navegador (à esquerda) e em tela cheia como um app (à direita).

Da próxima vez em que um serviço sugerir a instalação de um app, veja se um site móvel não dá conta do recado. Economizar memória é sempre bom.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *