Dica, Quantum

Quick Switch: Alterne rapidamente entre apps no Android 7

O Android é um sistema operacional que enfatiza o conceito de multitarefa: apps estão sempre abertos e à disposição, e há uma tela especial, chamada Visão Geral para alternar entre eles. E para facilitar as coisas naquele momento em que você precisa alternar rapidamente entre dois apps, a Google implementou no Android 7 um novo recurso chamado Quick Switch, que em português significa algo como Troca Rápida. Vamos ver como ele funciona?

Como usar o Quick Switch no Android 7

Normalmente, para alternar entre apps no Android, é necessário tocar no botão Visão Geral (o “quadrado” no canto inferior direito da tela) e escolher o app desejado entre a lista que surge na tela. Mas no Android 7 basta dar dois toques no botão Visão Geral para sair do app atual e voltar ao que você estava usando anteriormente. Repita o gesto para retornar ao app original.

demonstração quick switch
Alternando entre apps com o Quick Switch

Fica mais fácil de entender se você imaginar um cenário: você está navegando na internet, e surge uma notificação do WhatsApp. Você toca nela, abre o WhatsApp e responde à mensagem. Para voltar ao navegador, bastam dois toques no botão Visão Geral. Se uma nova mensagem do WhatsApp chegar, novamente bastam dois toques para alternar para o WhatsApp.

Falando no modo Visão Geral, há mais um recurso do Android 7.0 escondido nesta tela: arraste a lista de “cards” para baixo e, quando chegar ao início dela, a opção Limpar Tudo aparecerá no canto superior direito da tela. Basta tocar nela para fechar todos os apps abertos de uma vez só.

quick_switch_limpar
O botão Limpar Tudo na tela Visão Geral fecha todos os apps abertos de uma vez só.

O Quick Switch é apenas uma das pequenas, porém muito úteis, mudanças que tornam o uso do Android 7 mais agradável no dia-a-dia. Outra é o Modo Multitarefa, que permite rodar dois apps ao mesmo tempo em tela dividida. Que tal experimentar?

Photo credit: Noel C. Hankamer via Visualhunt / CC BY-NC-SA

11 Comments

  1. Gostaria que Quantum desse uma melhorada com atualizações de aprimoramento nos “bugs” do Muv Pro.
    Por exemplo: Tela que não desliga, apenas escurece, wi fi que é desativado quando o aparelho entra em stand by necessitando reiniciar o dispositivo, touch-screen às vezes perde sensibilidade.
    Não estou aqui pedindo Android Nougat, e sim melhoramento no Marshmallow.

    Concluo dizendo que a Quanto está de parabéns por fabricar dispositivos de configurações legais e bom design.

  2. Olá Quantum tenho 11 anos a supervisão da minha mãe está sendo feita sobre meu comentário,eu gostei muito do Quantum GO 2,sempre achei o Desing Metal Print incrível,porém uma coisa que me encomoda muito é que sempre o processsador Mediatek MT6753 de 1,3Ghz Octa-Core,gosto muito de jogar,3GB de RAM é ótimo,mas pelo menos vocês poderiam mudar o processador para um Snapdragon 430,ou mesmo um Mediatek de 1,7Ghz(Octa-Core) ou um 2,0Ghz(Octa-Core) é bem mais em conta pagar 1399,99 em um celular com 2,0Ghz do que pagar 999,999 num de 1,3Ghz,essa foi minha critica.Um Abraço que vocês se tornem Grandes pessoas no futuro!☺

  3. Por que é tão difícil vcs atualizarem o Quantum Go 4g para o Android 7.0 sendo que ele tem praticamente o msmo hardware do Quantum Go 2 e do Quantum Muv Pro? Creio que não seja nada tão impossível e nem trabalhoso.
    Gostaria apenas de uma resposta que não seja “No momento não temos informação”. Nós consumidores que apostamos na marca merecemos respostas. Gosto muito do meu Quantum Go e ele nunca me deixou na mão, porem a marca esta me decepcionando.

    1. Baruc, não é impossível mas é trabalhoso. Não basta apenas ter uma versão do Android para o mesmo processador: são necessários drivers atualizados para todos os componentes no aparelho, do sensor de toque na tela ao circuito de carga da bateria, passando por câmeras e muito mais. Depois é necessário testar desempenho e estabilidade do aparelho atualizado, verificar por “regressões” (bugs antigos que foram corrigidos mas podem ressurgir num update) e submeter o produto a nova certificação do Google e de todas as operadoras que o comercializam. Do ponto de software, é quase tão trabalhoso quanto desenvolver um novo smartphone “do zero”.

  4. o muv pro foi lançado ao mercado sem uma supervisão rigorosa e o que causou?- um leque de problemas desde da tampa que não encaixa direito ,carregamento muito lento ,tela não desliga e wifi se desliga sozinho sem contar com o bug da câmera do whatsapp para fotografar é impossível pois a fotografia fica escura.Se a quantum quer crescer no mercado reveja suas estrategias pois colocar aparelho com uma infinidade de problemas no mercado e demorar para solucionar compromete a imagem da empresa e vale lembrar que todos os aparelhos que compete com o muv pro receberam garantia de atualização pro android N e alguns como por exemplo o motorola ja esta recebendo inclusive e a quantum o que faz nessa competição? só da desculpa em vez de procurar soluções pros problemas e buscar garantias de atualizações e estabelecer datas. A contratação do Neymar pra garoto propaganda não vai fazer milagre se os clientes estão insatisfeito.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

O Blog Meu Quantum tem como objetivo dar aos leitores informações que os ajudem a tirar o máximo de seus smartphones, e não é um espaço de suporte técnico ou atendimento ao cliente. Para reparos, dúvidas sobre o funcionamento de seu smartphone Quantum ou acompanhamento de pedidos, entre em contato com nossa equipe de atendimento. Comentários não relacionados aos temas dos artigos serão excluídos.