Dica, Quantum

GPS sem 3G: Aprenda a usar no seu smartphone

Em sua rápida popularização os smartphones fizeram muitas vítimas, entre elas a câmera digital doméstica, o MP3 player, o console de videogame portátil e a unidade de GPS automotiva. Afinal de contas, porque investir em um aparelho para uma função específica quando posso ter um multifuncional, tão capaz quanto, sempre comigo no bolso?

Entre estes a navegação via GPS é um recurso especialmente popular, ainda mais se considerarmos o trânsito cada vez mais caótico nas grandes cidades. As vantagens sobre um GPS tradicional são muitas, como mapas sempre atualizados e a possibilidade de ter informações sobre o trânsito em tempo real.

Mas isso é atrelado a uma conexão à internet para obtenção dos dados. E como as conexões de banda larga móvel são instáveis e muitos consumidores tem planos que impõem limite no tráfego de dados, a pergunta “dá pra usar o GPS sem 3G?” é uma que todo fabricante ou vendedor de smartphones ouve constantemente.

Dá sim, mas antes de mais nada é preciso esclarecer a diferença entre GPS e um sistema de navegação (como o Google Maps, Waze, etc). Embora os termos sejam usados de forma intercambiável no dia-a-dia, não são a mesma coisa.

GPS sem 3G: GPS vs Navegação

GPS (do inglês Global Positioning System, ou Sistema de Posicionamento Global), é um sistema que utiliza uma “constelação” de satélites em órbita ao redor do planeta para determinar a posição de seu usuário na superfície terrestre. O resultado é um conjunto de coordenadas (como Latitude -23.551683, Longitude -46.634953) que especifica um ponto no globo, sem dizer o que é o local, como chegar lá ou o que há em volta.

Para usar o GPS não é necessária uma conexão à internet, apenas boa visibilidade do céu para que o aparelho possa “enxergar” os satélites.

Um satélite GPS de 2ª geração em exposição no Museu Aeroespacial de San Diego, nos EUA.
Um satélite GPS de 2ª geração em exposição no Museu Aeroespacial de San Diego, nos EUA.

Já um sistema de navegação engloba mapas detalhados de uma região, pontos de interesse nesta área (farmácias, escolas, hospitais, prédios públicos, restaurantes, etc) e até mesmo informações mais efêmeras, como o trânsito, para mostrar o que há em determinada coordenada e como chegar lá. É o sistema de navegação quem vai me dizer que as coordenadas acima representam a Praça da Sé, em São Paulo, e que para chegar lá a partir da Av. Paulista eu preciso pegar a Av. 9 de Julho.

É aqui que geralmente entra a necessidade de uma conexão à internet. Devido à grande quantidade de dados associada, serviços como o Google Maps ou Waze armazenam os mapas “na nuvem” e baixam apenas as informações referentes à região onde o usuário está, conforme necessário.

Isso tem algumas vantagens, como mapas sempre atualizados e que não ocupam espaço na memória interna do aparelho. A desvantagem é óbvia: sem conexão, sem navegação. O que pode ser um grande incômodo se você está indo para um local onde a banda larga móvel não é confiável.

Porém, se o seu aplicativo de navegação for capaz de manter os mapas offline na memória de seu aparelho, você poderá utilizá-lo sem conexão à internet, desde que se mantenha dentro da área coberta pelo mapa e não dependa de recursos como as informações de trânsito. Vários aplicativos oferecem este recurso, vamos mostrar como usá-lo no Google Maps.

GPS sem 3G: Como habilitar a navegação offline no Google Maps

O Google Maps ganhou a capacidade de navegação offline a partir da versão 9.17.0, lançada em Novembro passado. Se seu smartphone atualiza os aplicativos automaticamente, é bem provável que você já tenha uma versão mais recente instalada. Mas não custa verificar: abra a lista de todos os apps, segure o dedo sobre o ícone do Maps e arraste-o para a área no topo da tela que diz Informações do app. Na tela que surge, logo abaixo do nome do app, verifique o item versão. Se não for 9.17.0 ou superior (como 9.19.1 no exemplo abaixo) vá ao Google Play, procure pelo Google Maps e atualize o app.

GPS sem 3G: Aprenda a usar no seu smartphone Android
Apenas versões do Google Maps superiores à 9.17.0 tem o recurso de navegação offline, verifique.

Com o Google Maps atualizado, faça uma busca pela área que deseja manter offline. Por exemplo, digitei Curitiba. Agora toque no botão com as três linhas horizontais à esquerda da caixa de pesquisa e em Áreas off-line. Toque no botão azul com o + e na tela seguinte coloque dentro da moldura a área do mapa que deseja manter offline. Você pode usar o gesto de “pinça” com os dedos para selecionar um trecho maior ou menor. Quando tudo estiver do jeito que deseja, toque em Download, dê um nome para a área e toque em Salvar.

GPS sem 3G: Aprenda a usar no seu smartphone Android
Bastam 4 passos para fazer o download de uma área do mapa e habilitar a navegação offline.

Recomendamos que o download seja feito em uma conexão Wi-Fi, simplesmente porque os mapas podem ser grandes. Um mapa de toda Curitiba, incluindo parte da região metropolitana, ficou com 74 MB. Já outro mapa incluindo boa parte da Grande São Paulo chegou a 335 MB.

GPS sem 3G: Usando a navegação offline no Google Maps

Para usar a navegação offline no Google Maps não há nenhum procedimento especial. Basta fazer uma busca por um endereço, como se você estivesse online. Se os locais de destino e origem estiverem dentro dos mapas armazenados, você terá uma rota com direito a instruções faladas “curva a curva”. Mas se um dos locais estiver fora da área armazenada, você verá a mensagem: Nenhum trajeto encontrado nas áreas off-line.

GPS sem 3G: Aprenda a usar no seu smartphone Android
À esquerda, os detalhes de um ponto de interesse indicam que as informações offline são limitadas. À direita, aviso mostrado quando parte da rota não está no mapa.

Há algumas limitações no modo offline: apenas trajetos de carro estão disponíveis, nada de rotas a pé, de bicicleta ou usando o transporte público. Informações sobre empresas, como o horário de funcionamento de lojas, estão disponíveis, mas sem fotos ou comentários de outros usuários. Também não há informações de trânsito. E, claro, o modo Street View não funciona. Afinal, fotos em 360º da cidade inteira consumiriam uma imensidão de espaço na memória de seu aparelho.

GPS sem 3G: Validade dos mapas offline do Google Maps

Os mapas baixados são válidos por 30 dias a partir da data de download, e são descartados após este período. Isso é feito para garantir que a navegação seja feita usando sempre os dados mais atuais.

Na opção Áreas off-line no Google Maps toque no ícone da engrenagem para acessar uma tela com a opção Atualizar áreas off-line automaticamente. Com ela, os mapas serão periodicamente atualizados quando você estiver conectado via Wi-Fi, para garantir que você tenha sempre a informação mais “fresca” possível.

12 Comments

  1. O meu GPS tbm não funciona, já baixei uns 3 diferentes e nada! O celular é ótimo e não deu problema até agora (estou há quase 3 meses), mas acho um absurdo um celular não achar direito a localização! O GPS é tão básico que quando fui ver sobre o quantun go na internet para comprar ninguém testou o GPS, pois eh uma.coisa que até nos mais baratos e simples funciona! Será que pelo menos o GPS offline funciona?

  2. Comprei um Quantum MUV, e NUNCA mais comprarei um smartphone quantum, é muito ruim, trava toda hora, desliga sozinho, esquenta. Liguei no atendimento ao cliente e eles pedem pra atualizar e fica a mesma porcaria.

  3. Olá! utilizo muito o google maps. mas no celular da quantum (tenho um quantum go) aparece somente a “bolinha” da minha localização, não aparece a setinha indicando a direção que estou indo. Sempre utilizei MUITO essa função, tem previsão pra ter na quantum? Obs: o celular acabou de fazer uma atualização e nada :/ Obs2: gps aparece deslocado ou alguns apps que usam gps não acham sinal (meu app de corrida por exemplo). Meio decepcionante falhar numa função tão basica.

    1. Daniele, você não diz qual seu smartphone, mas imagino que seja um GO ou MUV. A seta não aparece porque assim como outros smartphones no mercado esses aparelhos não tem um giroscópio (bússola) interno, necessário para determinar a direção. Não é uma falha ou algo que possa ser corrigido com uma atualização de sistema.

    2. Meu problema é semelhante o da Daniele, quando eu tinha o samsung gran prime a bussula funcionava e ele não tinha giroscópio porém quando troquei agora para o j7 metal a bussula não funciona, aparece somente a bolinha azul do gps

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

O Blog Meu Quantum tem como objetivo dar aos leitores informações que os ajudem a tirar o máximo de seus smartphones, e não é um espaço de suporte técnico ou atendimento ao cliente. Para reparos, dúvidas sobre o funcionamento de seu smartphone Quantum ou acompanhamento de pedidos, entre em contato com nossa equipe de atendimento. Comentários não relacionados aos temas dos artigos serão excluídos.