Dica, Quantum

Veja como acompanhar o ritmo cardíaco com seu smartphone

Atletas modernos tem à disposição uma enorme variedade de equipamentos para acompanhar os batimentos cardíacos, pressão sangúinea, nível de oxigênio no sangue e vários outros parâmetros durante suas atividades, que podem ser correlacionados ao desempenho ou nível de condicionamento físico. Alguns smartphones ou smartwatches tem sensores dedicados para isso, capazes de monitorar o usuário de forma contínua e alertá-lo sobre anormalidades. Mas se você é um usuário mais “casual”, pode acompanhar o ritmo cardíaco usando nada mais que a câmera de seu smartphone atual, desde que tenha flash, e um app gratuito. Veja como é fácil.

Como é possível acompanhar o ritmo cardíaco sem um sensor dedicado?

Acompanhar o ritmo cardíaco usando apenas a câmera de um smartphone, sem sensores especiais, pode parecer mágica, mas é nada mais que ciência. Na verdade, trata-se da aplicação de uma técnica chamada Photoplethysmograma (PPG), que funciona medindo variações na absorção de luz pela pele de acordo com o fluxo de sangue. O flash da câmera é usado para iluminar intensamente uma área do corpo, como um dedo, e a câmera monitora as variações, derivando desta informação o ritmo cardíaco.

vários apps que oferecem este recurso, mas gosto do Accurate Heart Rate Monitor, da REPS, por ser fácil de usar, gratuito e, embora tenha propaganda, opta por anúncios discretos que não atrapalham o uso do app.

O uso é muito fácil. Basta abrir o app e colocar o dedo sobre a lente da câmera. Mantenha o dedo parado sobre a lente, e em alguns segundos o gráfico no rodapé da tela irá se mexer, mostrando o seu ritmo cardíaco. Espere mais alguns segundos até o círculo “preencher” e o resultado aparecerá na tela.

acompanhar o ritmo cardíaco
Quando a tela da esquerda surgir, basta cobrir a lente da câmera de seu smartphone com o dedo indicador por alguns segundos. Logo a frequência cardíaca aparecerá na tela.

Note que durante a medição o flash da câmera se acenderá com um brilho muito intenso. Isso porque a luz é usada para iluminar partes internas do dedo e tornar possível a detecção. Em alguns aparelho, o flash pode esquentar bastante neste momento, a ponto de se tornar desconfortável. Portanto, a dica é cobrir apenas a lente da câmera, mas não o flash, com o dedo.

Clicando no menu com as três linhas no canto superior esquerdo da tela do app o usuário pode iniciar uma nova medição, ver um histórico das medições passadas e ver os resultados em um gráfico semanal ou mensal, com detalhes como a frequência mínima e máxima registradas. Em Settings é possível ativar a integração com o Google Fit, o aplicativo de Fitness da Google, ou exportar o histórico de medições em uma planilha no formato .CSV.

acompanhar o ritmo cardíaco
Os resultados podem ser identificados com rótulos (à esquerda) e comparados em gráficos (à direita).

Antes de terminar este artigo, um aviso: um Photoplethysmograma é um método fácil, razoavelmente preciso e barato de medir o ritmo cardíaco, mas não é tão preciso quanto os sensores dedicados usados no peito por atletas, por exemplo, ou equipamentos médicos. É uma boa forma casual de acompanhar o ritmo cardíaco, mas medidas mais precisas que envolvem questões de “vida ou morte” devem ser obtidas com equipamento especializado.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

O Blog Meu Quantum tem como objetivo dar aos leitores informações que os ajudem a tirar o máximo de seus smartphones, e não é um espaço de suporte técnico ou atendimento ao cliente. Para reparos, dúvidas sobre o funcionamento de seu smartphone Quantum ou acompanhamento de pedidos, entre em contato com nossa equipe de atendimento. Comentários não relacionados aos temas dos artigos serão excluídos.